quarta-feira, abril 12, 2017

Manoel Marcos prestigia aula inaugural da Escola José Calumby Filho




O vereador Manoel Marcos, PSDB, esteve presente, na última segunda-feira, dia 10, na aula inaugural da Escola de Educação Infantil, José Calumby Filho, no bairro 17 de março.

Manoel Marcos disse que quer sempre estar presente em inaugurações de escolas públicas em Aracaju. “A educação é a base de tudo e traz dignidade a população”, disse o vereador, ressaltando que a atual gestão, ao construir uma escola, está tirando das ruas centenas crianças que poderiam seguir o caminho das drogas.

No entendimento do vereador Manoel Marcos, o prefeito Edvaldo Nogueira está no caminho certo. Para ele, construir escolas é uma prova do compromisso da atual gestão, com a população mais carente de Aracaju.

O vereador tucano afirmou que durante a solenidade da aula inaugural da Escola José Calumby Filho, disse que vai assinar a ordem de serviço para a retomada das obras da primeira escola de ensino fundamental da rede municipal também no bairro Santa Maria, o que deixou a população de toda região satisfeita com mais uma boa notícia.  





terça-feira, abril 11, 2017

Manoel Marcos cobra a construção de uma maternidade no bairro Santa Maria





O vereador Manoel Marcos, PSDB, tem sido um defensores da construção de uma maternidade, no bairro Santa Maria, na Zona de Expansão de Aracaju.

De acordo com Manoel Marcos, o bairro Santa Maria tem crescido bastante, nos últimos anos e a construção de uma maternidade é essencial para o acompanhamento das gestantes locais, uma vez que a grande maioria não dispõe de recursos financeiros para ter um acompanhamento médico adequado, evitando complicações na hora do parto.

“O prefeito Edvaldo Nogueira me confidenciou que em breve dará a ordem de serviço para a construção da maternidade”, disse Manoel Marcos, que ficou muito contente com a notícia até porque já existem recursos para a realização da obra.

Para Manoel Marcos, um gestor que não coloca a saúde como prioridade na sua administração, não está fazendo nada. “A saúde é um direito de todos. Nós que temos funções públicas devemos lutar para melhorar a saúde da população”, disse o vereador, acrescentando que o prefeito Edvaldo Nogueira é um político que tem compromisso com a saúde e a prova disso que em breve estará dando a ordem de serviço para a construção da maternidade no bairro Santa Maria.


segunda-feira, abril 10, 2017

Betinho não é mais técnico do Sergipe


Por Neverton Matos

Vida de treinador não é nada fácil, sobretudo quando o desempenho da equipe comandada não corresponde o esperado. Após 24 jogos à frente do comando técnico do Sergipe, Gilberto Carlos dos Santos, o Betinho, não é mais técnico do Colorado.
Nesta segunda-feira pela manhã, o profissional esteve reunido com a diretoria rubra e após uma conversa, o clube agradeceu os serviços prestados por Betinho no time vermelho e branco e decidiu pela sua saída.
Betinho foi contratado ainda no ano passado, quando os dirigentes colorados estavam atuando na composição da comissão técnica para esta temporada. O treinador foi contratado com a avacância de ter conquistado um bicampeonato estadual (2014 e 2015) e um acesso à Série C do Brasileiro também em 2014, pelo maior rival, o Confiança.
Antes de vir treinar o alvirrubro, o ex-treinador colorado teve como duas últimas equipes, o ASA de Arapiraca e Fluminense de Feira de Santana. A sua vinda se deu sobretudo pelo calendário extenso que o atual campeão sergipano teria para 2017, onde se disputaria a Copa do Nordeste, a Copa do Brasil, o Estadual e o Brasileiro da Série D.
Betinho comandou o Sergipe durante cinco meses, onde disputou três competições: a Copa do Nordeste levando o time às quartas de final, a Copa do Brasil num único jogo frente ao Bahia, onde foi derrotado, além de ter classificado a equipe para o hexagonal decisivo do Estadual.
No total deste período foram disputados 24 jogos nas três competições, dos quais foram obtidos 11 vitórias, 6 empates e 7 derrotas. No hexagonal decisivo a equipe realizou seis jogos, onde disputou 18 pontos e só obteve 9, perfazendo um percentual de 50% de aproveitamento, o que deixa a equipe na terceira colocação, restando apenas quatro jogos para o fim desta fase.
Outro detalhe, é que sobre o comando técnico de Betinho o Sergipe realizou quatro clássicos no Estadual, sem conseguir vencer, foram três empates e uma derrota. Junto com o treinador, o auxiliar técnico Omar Curi também deixa o clube.
Novo treinador
A diretoria colorada não confirma, mas nos bastidores do clube especulam os nomes de Clemer Silva, Marcelo Vilar, Leandro Campos e Luís Carpina, como um provável substituto de Betinho para o comando técnico do Sergipe. Até o final da tarde desta segunda-feira, o nome do novo treinador tem grandes chances de está definido.
O novo técnico já deverá estar nesta terça-feira à tarde comandando a equipe no treino com bola que será realizado no Estádio João de Oliveira às 15h30. Junto com o treinador virá um novo auxiliar técnico. Para o treino desta segunda-feira no mesmo local e horário, a equipe será comandada por Caio Simões que é treinador da base.
O Sergipe volta a campo nesta quarta-feira, 12, às 20h30, na Arena Batistão, em Aracaju, quando enfrentará o Itabaiana, líder do hexagonal com 16 pontos, em partida válida pela sétima rodada, onde o Mais Querido vai tentar a sua primeira vitória em clássicos, na busca por reagir na competição.

Associação de Árbitros emite nota contra as acusações dos dirigentes do Sergipe


Por Barroso Guimarães
A Associação dos Árbitros de Futebol de Sergipe – AAPF/SE – e a Federação Sergipana de Futebol manifestaram, nesta segunda-feira, dia 10 de abril, indignação com as declarações do presidente Silvio Santos e o diretor de futebol do Sergipe, Ramon Barbosa, após o empate em 0 a 0 com o Frei Paulistano, no último sábado, no estádio Jairton Menezes, na cidade de Frei Paulo.
De acordo com Ivaney Alves Lima, presidente da Associação dos Árbitros de Sergipe – AAPF/SE, Silvio Santos e Ramon Barbosa acusaram o árbitro Wendell Oliveira de prejudicar intencionalmente o Sergipe, utilizando-se de palavras ofensivas, afirmando que estaria “roubando” a sua equipe.
Ivaney fez questão de frisar que a arbitragem de Sergipe sempre exerceu suas funções com lisura e honestidade e que jamais houve provas ou indícios de esquema de fraude e métodos para prejudicar qualquer time do futebol sergipano.
Na condição de presidente da AAPF/SE, Ivaney informou que as providências cabíveis já estão sendo adotadas para coibir esse tipo de atitude e garantir que o futebol sergipano não seja prejudicado pela má conduta de quem não respeita os profissionais que nele atuam.